top of page
  • Manutenção e Limpeza de PROBE de ORP (REDOX)
    Calibração: Recomenda-se calibrar a cada 3 a 6 meses, principalmente para usuários que utilizam como controlador de ORP. Em nossa loja disponibilizamos soluções de calibração de 220mv (LOW) e 470mv (HIGH). Bulbo do eletrodo ORP (haste metálica): pode ser gentilmente limpo com papel úmido, silicone seco ou carbureto, óxido férrico, tela de esmeril, óxido de ferro ou lã de fibras metálicas bem finas. Depósito de sais: dissolva os depósitos imergindo o eletrodo em água limpa por 10 a 15 minutos. Óleos e graxas: cuidadosamente lave o bulbo do eletrodo com detergente de pH neutro biodegradável e água até que toda gordura seja removida. Após cada um dos procedimentos indicados acima, enxaguar a peça com água deionizada em abundancia, seca-la com cuidado utilizando papel toalha absorvente e deixar o eletrodo em repouso na sua solução de acondicionamento por 24 hs. Os procedimentos acima podem não ser suficientes para restauração da qualidade de medição de um sensor que tenha mais do que 2 anos de uso e tal ineficiência não é considerada como defeito passível de garantia, sendo um desgaste natural do eletrodo. Se a sua probe já possui dois anos de uso, recomenda-se substituição:
  • Manutenção e Limpeza de PROBE de PH
    Calibração: Recomenda-se calibração da probe de PH a cada 3 a 6 mses. Se utilizar para aquários de água doce ou reatores de cálcio utilizar soluções de calibração 4.0 (LOW) e 7.0 (HIGH). Para aquários de água salgada medindo PH do aquário utilizar soluções de calibração 7.0 (LOW) e 10.0 (HIGH). Depósito de sais: dissolva os depósitos imergindo o eletrodo em água limpa por 10 a 15 minutos. Óleos e graxas: cuidadosamente lave o bulbo do eletrodo com detergente de pH neutro biodegradável e água até que toda gordura seja removida. Slope inferior a 95%: Substituição, normalmente ocorre após dois anos de uso da Probe de PH. Após cada um dos procedimentos indicados acima, enxaguar a peça com água deionizada em abundancia, seca-la com cuidado utilizando papel toalha absorvente. Os procedimentos acima podem não ser suficientes para restauração da qualidade de medição de um sensor com mais de 2 anos de uso, tal ineficiência não é considerada como defeito passível de garantia. Se a sua probe de PH possui mais de dois anos de uso, substitua:
  • Manutenção Sensores de Vazão / Fluxo de Água - (DN10, DN20, DN25, DN32, DN40, DN50)
    Instalação: Sesores de vazão são projetados para medir com precisão o fluxo ou volume de água que passará pelo seu interior. Não devem ser instalados em locais que possam ficar submersos, podendo assim danificar o sensor. Manutenção: Os sensores possuem uma turbina interna que realiza a medição do fluxo de água, é uma peça móvel que gira conforme o fluxo e velocidade da água. Recomenda-se realizar a limpeza a cada 6 meses. Se o seu sensor apresentar leitura zero, abra o sensor para realizar a limpeza.
  • Sensores de Nível Óptico
    Finalidade: Sensores de nível ópticos utilizados em diversas finalidades que desejamos saber se a água esta em um nível desejado. Através do Aquarino poderá criar regras de automação acionando qualquer tomada ou dosadora conforme a leitura do seu sensor de nível. Reposição de Evaporação utilizando dosadora DP200 Reposição de Evaporação utilizando bombas de água ligadas na powerbar Controle de nível do SUMP Controle de Nível do Display Controle de Nível do Skimmer Controle de Nível de Overflow Instalação: O sensor possui uma base magnetica de fácil instalação e suporta vidos de até 8mm. O sensor pode ser instalado com prisma para baixo ou para cima, dependerá da utilização. Funcionamento: Se a ponta do prisma estiver em contato com a água o sensor informará o status CLOSE para o Aquarino. Se o sensor estiver com o prisma sem contato com a água o sensor informará o status OPEN para o Aquarino. Manutenção: Realizar a limpeza do prisma sempre que necessário utilizando um pano limpo para remoção de depósitos de sujeira.
  • Dosing Machine Maintenance
    As dosadoras trabalham gerando um atrito constante nas mangueiras, por esse motivo as mangueiras precisam ser substituidas. Recomendamos substituir as mangueiras das dosadoras conforme o tipo de manterial e finalidade de uso. SILICONE: Dosadora para Balling com mangueira de silicone: substituir a cada 180 dias Dosadora para TPA com mangueira de silicone: substituir a cada 30 dias Dosadora para Reator de cálcio com mangueira de silicone: substituir a cada 30 dias NORPRENE Dosadora para Balling com mangueira de Norprene: substituir a cada 365 dias Dosadora para TPA com mangueira de silicone: substituir a cada 90 dias Dosadora para Reator de cálcio com mangueira de silicone: substituir a cada 90 dias Como trocar mangueira da dosadora DP200: Mudando posição das mangueiras da dosadora DP200:
  • Qual o prazo de garantia?
    O Aquarino oferece 12 meses de garantia em todos os seus produtos
  • Como faço para utilizar meu alimentador automático no Aquarino?
    O Aquarino uma conexão na parte trazeira identificada como Feeder. Essa conexão oferece 5V para que possam energizar o alimentador se desejável. Seu alimentador eletrônico certamente possui um botão para acionamento manual, neste caso precisa realizar uma adaptação de eletronica. Também disponibilizamos esse serviço de adaptação, basta entrar em contato com o nosso atendimento. Conectar os dois fios centrais de um cabo USB nos polos do seu botão de alimentação manual. Precisará de conhecimentos básicos de soldagem de fios. Sempre que acionar o alimentador pelo Aquarino, ele fará um JUMP nos pinos centrais acionando o botão de alimentação manual do seu alimentador.
  • Quantas tomadas posso controladar pelo Aquarino?
    O Aquarino suporta controle de 16 tomadas.
  • Como faço para administrar o Aquarino?
    O Aquarino possui duas interfaces de controle, poderá usar via Local Manager (WiFi) ou via tela Touch Screen. Em breve lançaremos o Cloud Manager, podendo assim controlar seu equipamento através da internet de qualquer lugar.
bottom of page